Aproveite o Dia das Mães da melhor forma possível!

O melhor presente de Dia das Mães que você pode dar!

O Dia das Mães está chegando mais uma vez e agora, mais do que nunca, é necessário que comemoremos essa data com muito amor e atenção. Descubra o que você pode fazer para deixar seu relacionamento com a sua mãe mais harmonioso e aproveitar o dia dela ao máximo!


Não há como negar: a sua mãe é uma das pessoas mais importantes do seu mundo.

Afinal de contas, foi diretamente graças a ela que você conseguiu nascer, se desenvolver e se tornar capaz de ler um texto como este!

Na verdade, embora os mamíferos em geral possuam uma conexão especial com as suas mães, no caso de nós, seres humanos, esse relacionamento chega a ser ainda mais importante.

Primeiramente, existe a questão biológica de que os bebês da espécie Homo sapiens são, de fato, extremamente indefesos em comparação aos filhotes de outros animais.

E isso ocorre porque os bebês humanos possuem ao nascer um cérebro menos desenvolvido do que, por exemplo, o de um filhote de chimpanzé.

De acordo com os cientistas, os filhotes de mamíferos deixam os úteros de suas mães quando passam a demandar um excesso energia e esforço delas. E, no caso dos humanos, esse momento chega muito antes de o cérebro do feto estar adequadamente “pronto” para enfrentar a vida!

De certo modo, é como se os organismos da mãe e do filho chegassem a um “acordo” na etapa do desenvolvimento fetal em que prolongar a gravidez se tornaria custoso demais para o metabolismo materno.

Porém, é claro que a importância da figura materna para a espécie humana transcende aspectos puramente biológicos, como explicaremos melhor adiante!

É cientificamente comprovado: o relacionamento com a mãe é importante para qualquer mamífero.

Sua relação com sua mãe se reflete em sua saúde mental

Dada a dependência natural que os humanos têm de seus pais (especialmente de suas mães) ao nascer, não é surpresa que relações psicológicas profundas se formem nos núcleos familiares!

Com efeito, segundo especialistas em Sociologia, a qualidade dos relacionamentos que um indivíduo estabelece com seus pais exerce um impacto direto em sua vida adulta.

Um artigo publicado em 2012 relata que pessoas cujas relações com os pais foram positivas na infância apresentam uma saúde mental mais equilibrada e possuem um risco menor de desenvolver distúrbios psiquiátricos.

Além disso, resultados obtidos no mesmo estudo indicam que um relacionamento harmonioso com a mãe está diretamente relacionado a um alívio do sentimento de angústia.

Outro ponto interessante é que as emoções da mãe desempenham um papel fundamental no modo como a criança lida com os estímulos do ambiente.

Por exemplo, diante de uma situação inédita, a tendência é que o filho utilize as expressões faciais de sua mãe como uma referência de como ele deve se comportar.

Com efeito, a qualidade das interações emocionais que a mãe estabelece com sua criança é um fator determinante no bem-estar psicológico desta.

Essa qualidade interfere diretamente na capacidade da criança de:

  1. Desenvolver sua individualidade;
  2. Trabalhar a sua confiança em outras pessoas;
  3. Interagir com os diversos ambientes aos quais ela se expõe.
Aproveite o Dia das Mães para melhorar seu relacionamento com sua mãe!
Seu relacionamento com a sua mãe é algo que você levará para a vida inteira!

A saúde mental da sua mãe também deve ser observada!

Já falamos bastante sobre a relevância biológica e emocional que nossas mães têm em nossas vidas. Mas… E o lado delas, como fica?

Recentemente, estudos no ramo da Psicologia iniciaram um movimento no sentido de determinar os impactos na saúde mental acarretados pela maternidade.

Acontece que, por mais que uma mãe ame seus filhos e goste de dedicar-se a eles, as demandas emocionais, físicas e energéticas da maternidade muitas vezes exercem um efeito negativo sobre o psicológico dela.

Com frequência, as mães se sentem diretamente responsáveis pelo sucesso e pelo bem-estar de suas crianças, o que pode gerar um grau excessivo de preocupação.

Ademais, é natural que as mães compartilhem, em certa medida, o estresse e as angústias de seus filhos, o que, conforme afirmam os pesquisadores, deve ser contrabalanceado por uma dose apropriada de suporte emocional.

Em outras palavras, mesmo que a maternidade traga muitos desafios inevitáveis, tudo pode se tornar mais fácil para a sua mãe se ela receber o apoio psicológico de amigos, parentes, de um eventual parceiro e, é claro, de seus filhos!

Disponibilidade emocional: o melhor presente de Dia das Mães

E é por isso que nós, da Carvvo, gostaríamos de te dizer que o melhor presente que você pode dar à sua mãe no Dia das Mães é a sua disponibilidade emocional.

A disponibilidade emocional é algo mais profundo do que um “Eu te amo”. Ela é um indício de que você está com o coração aberto para ouvir sua mãe e compartilhar as angústias dela para que vocês possam, juntos, encontrar as melhores soluções!

Mesmo que seu relacionamento com a sua mãe seja complicado, é importante que vocês se permitam aproveitar o Dia das Mães para ao menos tentar reparar esse laço.

É claro que nada se resolve da noite para o dia, mas, com uma conversa franca e amorosa, você já poderá dar o primeiro passo rumo a uma relação mais harmoniosa (e psicologicamente positiva) com a sua mãe!

Confira agora algumas dicas para melhorar seu relacionamento com a sua mãe e curtir o Dia das Mães da melhor forma possível!

O melhor presente de Dia das Mães que alguém pode receber é um suporte emocional adequado!
O segredo para fazer uma mãe feliz é garantir que ela vá ter bastante suporte emocional!

Dicas para melhorar sua relação com sua mãe e curtir o Dia das Mães em grande estilo

1. Dê o primeiro passo

Por mais que isso possa eventualmente parecer difícil, dar o primeiro passo é fundamental. E esse ponto serve para qualquer tipo de relacionamento!

Muitas vezes, esperamos que a outra pessoa venha conversar conosco e deixamos que anos de mágoas se acumulem, criando uma barreira psicológica.

Porém, aguardar passivamente que o outro faça um movimento apenas adia a resolução de conflitos de formas que podem ser, até mesmo, irreversíveis.

Não se permita perder uma relação tão importante como a com a sua mãe por conta de atritos do passado. É melhor organizar os pensamentos e conversar com ela de coração aberto e evitar tensões e arrependimentos no futuro!

2. Foque no presente

Ainda explorando o tema das mágoas do passado, devemos lembrar que é muito comum que conversas se transformem em discussões nas quais uma parte acusa a outra por conta de problemas que aconteceram há muito tempo.

Se você e sua mãe estiverem dispostos a melhorar sua convivência, vocês precisarão abrir mão da dinâmica de trazer à tona conflitos e erros antigos.

Tanto você quanto a sua mãe não são mais as mesmas pessoas daquela época e merecem uma chance de construir memórias mais alegres a partir de agora!

3. Transforme o Dia das Mães num grande evento, mas não o reduza a uma “data”

Mesmo em tempos de quarentena por causa do novo coronavírus, é possível comemorar o Dia das Mães em grande estilo!

Se você mora junto com a sua mãe, aproveite para efetivamente passar a data com ela! Vocês pode, por exemplo:

-> Conversar com ela de forma mais aprofundada, trocando desabafos e esperanças;

-> Exercitar sua gratidão e demonstrar o quão essencial ela é na sua vida;

-> Fazer algo que ela sempre lhe pediu, como arrumar o seu quarto;

-> Convidá-la a compartilhar um passatempo com você, como um jogo de dominó ou uma maratona de séries.

E se eu não morar junto com a minha mãe?”

Caso você não more com a sua mãe e esteja sem conseguir manter contato físico com ela por causa do isolamento social, faça questão de conectar-se com ela através da tecnologia.

Você pode, por exemplo, separar um horário do dia para fazer uma chamada de vídeo via Zoom ou Hangouts e, assim, comemorar com ela do mesmo jeito!

Vale lembrar que celebrar uma data especial pode ser muito divertido e positivo, mas os seus esforços devem ser constantes! Use o Dia das Mães a seu favor como um pontapé inicial para construir um relacionamento mais harmonioso e compreensivo com a sua mãe.

Será nessa data que você plantará uma semente muito importante e que dependerá de uma dedicação contínua para germinar.

Basicamente, o segredo é procurar manter a atmosfera do Dia das Mães a cada dia, de forma a fazer a sua mãe se sentir sempre apoiada e valorizada!

Por isso, mesmo que por videoconferência, mantenha contato com a sua mãe regularmente e ponha as outras dicas em prática.

Comemore o Dia das Mães da melhor forma possível!
Esperamos que sua relação com a sua mãe se torne mais recheada de sorrisos!

E este foi o nosso post sobre o Dia das Mães! Esperamos que você consiga comemorar essa data de um jeito bem legal mesmo durante a quarentena e que suas relações pessoais se tornem cada vez melhores.

Um abraço e até a próxima!

Leia também